Um caldeirão repleto de cultura, atividades e muitas novidades!

Começo este post bem feliz! Consegui tirar meu visto de um ano para estudar na Irlanda! O visto irlandês não é tirado antecipadamente… você só pode tirar no próprio país… É simples, mas ele também pode ser negado e o interessado em morar aqui ter que voltar de ”mala e cuia” para o seu país de origem…  Ontem por exemplo, quando eu estava lá tirando o meu, vi um estudante tendo seu visto negado… a menina era da Arabia Saudita… confesso que quase chorei…

Mas, fique tranquilo… pois para os estudantes brasileiros o processo é diferente dos árabes… Para nós (brazilian) é possível trabalhar legalmente  ½ período ou 20 horas semanais durante os 6 meses de aula e no período de férias, pode-se trabalhar em período integral ou 40 horas semanais.

No que se refere à documentação, a primeira coisa a fazer quando se chega a Dublin é solicitar a escola 2 cartas que comprovam que você é um estudante devidamente matriculado. Uma carta vai para o banco e outra serve para apresentar na imigração para obter o PPS (este documento é semelhante ao nosso CPF brasileiro).

Com a carta da escola em mãos vá ao PPS e apresente essa carta, seu passaporte e o seu endereço de residência na Irlanda. Depois de + – 4 dias úteis eles mandam seu número de PPS pelo correio.

Na sequência, pegue o documento do PPS, a carta da escola, o passaporte e vá ao banco abrir a sua conta de estudante. O processo é simples! Não se preocupe se o seu inglês é básico, pois, aqui na Irlanda tem muitos estudantes vindos de diversos países e os atendentes bancários estão acostumados a dar andamento a esse processo.

Despois de dar a entrada no banco, aguarde mais 3 dias, que chegará na sua casa uma senha e depois o seu cartão de débito. Volte ao banco e faça um depósito mínimo de € 1.000,00 (euros) e peça o statement  (seu saldo bancário), que o banco mandará via correio, em aproximadamente 3 dias úteis.

O próximo passo é juntar:  a carta da escola,  o statement, o cartão do banco irlandês, o PPS, o seu passaporte e levar na imigração para tirar seu ID (identidade da Irlanda).  Ah, você paga €150,00 (euros) p/ obter essa carteirinha e eles não aceitam dinheiro em espécie… você deverá pagar com seu cartão do banco irlandês ou eventualmente com um cartão de crédito internacional, caso seu cartão do banco apresente algum problema…   

O processo lá é meio demorado, pois têm muitas pessoas! Mas, comigo foi bem tranquilo… cheguei lá 14h da tarde e saí 16h com tudo ok! Ah, fique atento ao horário… porque lá eles fecham às 17h pontualmente…

É importante ter em mente que você NUNCA DEVE MENTIR na imigração! Eles checam tudo!

Ulalá!! Agora estou tranquila! Sou uma cidadão legalizada na Irlanda por 1 ano! Rs

Não poderia de deixar de agradecer o nosso amigo Gabys que pacientemente nos ajudou nesse processo p/ obter a documentação. Valeu Gabys! Sem você, tudo seria mais complicado!

Sucesso!!

Beijosssss

 

Imigração Dublin

Entrada Imigração Dublin

Dentro do escritório da Imigração. Foto obtida com

uma câmera escondida (é proibido fotografar) hahaha

Anúncios

Hello Amigos!

Eu e o Enrico estamos bem instalados em Dublin! Conseguimos alugar uma casa e estamos morando com mais duas pessoas… um menina polonesa (o nome dela é Beata) e um rapaz espanhol (o nome dele é Hosé). O melhor de morar com eles, é que somos obrigados a falar em inglês o tempo todo (eles não entendem português) e isso enriquece nosso vocabulário a cada dia.  

Para alugar uma casa aqui em Dublin precisa ter paciência e um pouco de sorte! Há duas formas: ou você aluga no seu nome e divide com outros estudantes… ou você encontra uma casa, cujo responsável direto é o “landlord” ou “landlady”…

E existem mais duas modalidades que se aplicam a quem quiser alugar uma casa, são elas:

1 Quem aluga a casa, pode escolher quem ela achar melhor, ou seja com quem ela for com a “cara”. (nessa forma quem tem que se preocupar para arranjar outro inquilino é a pessoa responsável por pagar o aluguel.)

2 A outra é quem está saindo da casa, tem a função de arranjar outro morador(es) para ser subustituido, nessa modalidade quem se preocupa em arranjar outra pessoa é você! (ambas as modalidades tem os seus prós e contras.) 

Nós tivemos muita sorte! Conseguimos alugar uma casa (casa mesmoooooo com 3 quartos, cozinha, 2 banheiros e quintal) por um preço muitoooooooo bom! Estamos morando em Dublin 8 um lugar tranquilo e muitoooooo perto do Centro… Fazemos tudo andando. Ahhh e a nossa modalidade foi a segunda ou seja quando sairmos teremos que colocar outras pessoas no nosso lugar.

Da nossa casa para escola são 12 minutos caminhando… e de lá para o Temple Bar (reduto dos pubs) são mais 2 minutos…  Voltamos para casa de madrugada andando e sempre tranquilos! Graças a Deus até hoje não foi necessário pegar ônibus ou táxi p/ nenhum lugar.

Ah, e ainda tem um pub na frente de casa… lá a gente pode  “praticar”  inglês com os irishs! hahahahaa(veja foto abaixo)… No Shanahan’s não vai turista… é freqüentado só por moradores locais… no Brasil, eu diria que seria o botequim da esquina da minha casa! Não sei pq Deus faz isso com a gente, né?! Hahahahaha!

Estamos muitos felizes com a nossa casa nova! Semana que vem vamos fazer um churras aqui e eu posto as fotos!

Não poderia deixar de agradecer a Kérolllllllll nossa amiga que mora aqui em Dublin a 1 ½ ano, que nos acolheu e tem nos ajudado a cumprir todas essas etapas inicias! Obrigada Kerolinda! Sem a sua força, tudo seria muito mais difícil!!! 😀

Para quem deseja mais detalhes:

 1 – Como encontrar uma casa em Dublin?

Um dos sites mais completos para encontrar casa, apartamento, quartos ou vagas é o: http://www.daft.ie/  … Lá você procura a região onde quer morar e o valor mínimo ou máximo que deseja pagar.

2 – Quanto custa alugar uma casa, apartamento ou vaga em Dublin?

Bem… o custo varia por região… quanto mais perto do centro comercial, mais caro fica. No entanto, os preços vão de 225 a 1000 euros.

Por exemplo:

Um quarto individual custa em média 350 a 600 euros…

Um quarto duplo custa em média 450 a 700 euros…

3 – Contas 

Aqui, as contas são divididas pelo número de pessoas que moram na casa.

Água –  (não se paga conta de água em Dublin… desculpem, mas não sei detalhes ainda, mas não é cobrado… hehehe)

Luz – Se a casa tem chuveiro elétrico, é mais caro… mas, se tem boiler (aquecedor a gás ou elétrico) é outro preço… mas, em média, cada pessoa paga por mês, uns 20 a 30 euros.

Gás – O consumo mensal também é de mais ou menos 20 euros/ mês por pessoa. Isso no verão… pois, no inverno aumenta o valor, por conta do uso dos aquecedores.

Internet +  TV a cabo – Paga-se em média 30 euros por pessoa.

Outra coisa, é que todas as casas são totalmente equipadas. Você aluga “seu canto” e já tem tudo na casa: máquina de lavar e secadora de roupa, fogão, microondas, TV, entre outros aparelhos de uso doméstico.

Beijossssssssssssss e até mais!

Raquel – Proletária das Letras

Nossa casa é a da esquina (porta preta)

Shanahan’s – Pub local (só atravessar a rua) hehe

Shanahan’s – Pub local

Este é um assunto bem intrigante para quem deseja vir p/ Irlanda.

Quando decidimos fazer um intercâmbio, inicialmente pensamos em ir p/ Inglaterra… dentre as razões, o inglês britânico é infinitamente mais “limpo” que o irlandês… os irishs que nos perdoem, mas o sotaque deles é bem difícil! ok, ok… aos poucos você vai treinando o ouvido e começa a entender melhor… mas, vamos falar do visto.

Para estudar na Irlanda, não é necessário tirar um visto prévio… ou seja, você compra o curso, as passagens, define onde vai morar (casa de família, com amigos ou residência estudantil) e boas…

No nosso caso, fizemos conexão em Amsterdam… primeira cidade Européia que descemos… e lá estava a imigração local. Conforme o Michael Lynch da Intercâmbio Vision (agência que compramos o curso – Site: www.intercambiovision.com.br ) nos falou… Em Amsterdam eles não vão questionar nada. Dito e feito… apenas uma pergunta e lá fomos nós p/ Dublin.

Antes de vir p/ Irlanda, eu pesquisei bastante e perguntei a alguns amigos brasileiros que já fizeram intercâmbio em Dublin se era complicado passar na imigração… Cada um dizia uma coisa  e eu estava com muito medo! Principalmente pelo fato de Eu e o Enrico sermos casados, pensei… será que passamos no mesmo guichê ou não… e se por acaso liberarem um e outro não… enfim…

Para quem deseja vir, fique tranquilo, pois a imigração em Dublin é tranquila se você está com todos os documentos ok. São eles: Passagens ida e volta, carta da escola, carta da acomodação e um telefone para contato caso eles queiram ligar p/ confirmar, passaporte e pelo menos 1000 euros para depositar em um banco da Irlanda.

Eu e o Enrico passamos juntos no mesmo guichê da imigração e a Garda (aqui a polícia chama Garda) só pediu p/ ver nossos documentos e perguntou quanto tempo íamos ficar… aiiiii quando eles carimbaram nossos passaportes e nos vimos em solo dublinense! hahahaha Eu vibrei de alegria! A imigração não é um monstro!

NO PRÓXIMO POST CONTO O PROCESSO P/ TIRAR O VISTO AQUI EM DUBLIN. Beijosss!

Passaporte brasileiro

Oh my God! Só novidades!!

Amamos Dublin! A cidade é linda, os irlandeses são receptivos, as cervejas são incríveis… e o melhor: chegamos na Europa no alto verão (entenda alto verão com temperatura máxima de 20 graus!).

Visitamos alguns pubs na região do Temple Bar, que é o reduto dos pubs irlandeses, além de visitar parques e fazer um tour pela cidade… isso tudo andando! Aqui quase todos os roteiros são feitos a pé.

A única coisa que me intrigou foi o fato de não poder andar com uma latinha de cerveja pelas ruas… ninguém toma cerveja na rua… não é comum! Não sei ainda a razão… mas, o fato é que não se pode beber nas ruas. Outra curiosidade é que os pubs (todos) fecham as 3h da madrugada e não tem essa de saidera… os seguranças botam a gente pra fora do lugar e ponto final! rs

Ah, para quem deseja saber quanto custa sair p/ “tomar umas” não é barato… cada pint (copo de cerveja de 500 ml) custa em média   5 euros… mas, nos  bares fora do circuito turístico, custa em média 3,50 euros uma pint. A mais famosa da Irlanda é a Guinness, mas a minha cerveja favorita é a Carlsberg e a do Enrico e a Paulaner!

Saint Patricks Cathedral

Guinness – A cerveja mais tradicional da Irlanda

Carlsberg – A minha favorita!

Oláaaaaa!!!

Atendendo a pedidos… Decidi iniciar esse blog p/ contar a nossa (eu e o Enrico) incursão pela Europa.

Depois de quase 3 semanas (chegamos em Dublin / Irlanda no dia 11/06/10) muitas coisas aconteceram, mas vou tentar resumir…

Embarcamos em São Paulo, pela Companhia aérea KLM e confesso que eu estava morrendoooo de medo de passar pela imigração.

12 horas de voo e então chegamos em Amsterdam p/ fazer conexão rumo à Dublin. A polícia pegou nossos passaportes e só perguntou o que iríamos fazer em Dublin… a única coisas que respondemos foi: “vamos estudar!” e ele disse: OK!

Ufaa! Que alíviooooooo!!! Eu estava louca p/ fumar um cigarro e eis que naquele aeroporto gigantesco, avistamos uma área de fumantes! êeeeee

Surreal… lotado de pessoas espremidas p/ fumar um cigarette que saímos de lá “defumados”… Bem… caminhamos p/ o portão de embarque rumo a Dublin.

Eis que uma hora depois, desembarcamos na tão esperada cidade!

De Amsterdam, ficou a recordação abaixo! hahahaha! Beijosssss amigos!